Skate Style

O skate é um desporto inventado na Califórnia que consiste em deslizar sobre o solo e obstáculos equilibrando-se numa prancha, chamada shape (em inglês: deck), dotada de quatro pequenas rodas e dois eixos chamados de “trucks”. Com o skate executam-se manobras, com baixos a altos graus de dificuldade. No Brasil, o praticante de skate recebe o nome de skatista, enquanto que em Portugal chama-se skater. O skate é considerado um esporte radical, dado seu aspecto criativo, cuja proficiência é verificada pelo grau de dificuldade dos movimentos executados. O skate é considerado um esporte radical praticados por muitos, que se denominam skatitas Os skates eram muito primitivos, não possuiam nose nem tail, eram apenas uma tábua com quatro rodinhas. O crescimento do “surfe no asfalto” se deu de uma maneira tão grande que muitos dos jovens da época se renderam ao novo esporte chamado skate. Surgiam então os primeiros skatistas da época.

No início da década de 1960, os surfistas da Califórnia mais ou menos na cidade de Los Angeles queriam fazer das pranchas um divertimento também nas ruas, em uma época de marés baixas e seca na região. Inicialmente, a nova “maneira de surfar” foi chamada de sidewalk surf.
É desta forma que o skate surge, como um novo esporte radical, fazendo adeptos por todo o país norte americano e posteriormente pelo mundo a fora.
Em 1965, surgiram os primeiros campeonatos, mas o skate só ficou mais reconhecido uma década depois.
Em nosso país o esporte chegou em meados dos anos 60. O primeiro campeonato de skate aconteceu no Clube Federal (Rio de Janeiro) no final de 74, mas em outubro de 1975, foi realizado na Quinta da Boa Vista (Rio de Janeiro) o primeiro grande campeonato. Em dezembro de 74 foi inaugurada a primeira pista de skate da América Latina, Em Nova Iguaçu, e a partir de 76 começaram a aparecer as primeiras skateparks. Depois de um declínio, o skate volta com tudo nos anos 80, com força do ‘freestyle’.

Na moda
Mais do que um esporte, o skate é um estilo de vida. Não é um esporte que se pratica em um clube, há também música, história e moda envolvidos.Todo esse universo é muito maior do que a simples prática do skate. O tênis de skatitas é o mais simbólico, pois até os anos 1970, tênis era coisa de esportista apenas. Não havia um modelo adequado para os skatistas, que usavam os tênis de vôlei, que eram mais acolchoados. Foi só nos anos 1980 que surgiram os Air Walk, esses tênis mais resistentes e coloridos que eram vistos como uma coisa absolutamente extravagante para a época. Eles tinham cano alto, eram de borracha e bem mais resistentes. Os Air Walk foram o embrião do que hoje chamamos de cultura sneaker
As calças jeans com elastano, que hoje chamam de calça stretch, que todo mundo usa, vieram do skate também. Elas surgiram como uma necessidade de maior elasticidade na prática do esporte. Depois, com o tempo, ficaram mais desgastadas por causa dos tombos. Hoje você encontra calças mais apertadas e rasgadas em qualquer vitrine. O dia a dia do skatista virou look de muitas lojas e grifes famosas. 

Sempre demonstrando ousadia nas manobras, os skatistas possuem um estilo urbano muito original. Combinando peças confortáveis e tênis despojados eles sempre estão com looks muito descontraídos. De boné ou cabelo despenteado, com bermuda ou calça skinny, essa tribo não deixa de lado a personalidade. Tanto faz se for para combinar uma calça com uma regata
.

 

Faça um comentário

Loading Facebook Comments ...

Deja un comentario en: “Skate Style

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *