O que Esperar do Novo Álbum do Linkin Park

One More Light, chega dia 19/05 próxima sexta, e o esperar do sétimo álbum do grupo californiano?
São 10 faixas, com colaborações de Kiiara , Pusha T e Stormzy.

O rockismo foi uma frase cunhada pelo músico inglês Pete Wylie em 1981 para se referir ao surgimento de fãs de música rock que sentiam que a música pop era ruim ou fraca, exigindo menos esforço ou habilidade para o musico. O termo refere-se à mentalidade prevalecente entre os fãs de rock que, se um artista é “pop”, eles devem ser menos talentosos ou menos capazes do que seus contemporâneos que fazem rock

Este não é apenas um ponto de vista lamentável de se ter, mas também por falta de uma palavra melhor: besteira absoluta. Infelizmente, este é um ponto de vista que eu temo uma quantidade decente de pessoas que criticaram single “Heavy”, isso pode fazer que essas pessoas não desfrutem das novas músicas do  “One More Light”, e percam as boas músicas que podem estar no álbum.

Há algo bastante arriscado e ousado sobre ir full-pop nesta fase em suas carreiras, especialmente depois do seu último álbum bem mais pesado, Desde do ultimo trabalho The Hunting Party, assumidamente um “retorno às raízes”, o disco foi produzido pelo guitarrista Brad Delson e pelo vocalista Mike Shinoda veio em 2014 como um reboot do Linkin Park pré-Hybrid Theory, uma espécie de recomeço contextualizado para data e reimaginado com todas as referências que a banda pescou na inventividade dos discos anteriores. The Hunting Party pssou a ser chamado pela critica por “melhor álbum do Linkin Park desde Meteora”.

Conhecido predominantemente como uma banda “alternativa”, não há segredo de que uma porcentagem dos 60 milhões de fãs do Facebook da banda provavelmente preferem seu Linkin Park tradicional  estar tão longe da música pop quanto possível. Mas a verdade é que o Linkin Park nunca foi estranhos à música pop. Apresentando influências pop tão longe e no início como “In The End”, Linkin Park sempre foi rotulados por alguns críticos de metal como “popular demais para ser metal”
Conheça as faixas.

1. “Nobody Can Save Me” 3:45
2. “Good Goodbye” (participação de Pusha T e Stormzy) 3:31
3. “Talking to Myself” 3:51
4. “Battle Symphony” 3:36
5. “Invisible” 3:34
6. Heavy” (participação de Kiiara) 2:49
7. “Sorry for Now” 3:23
8. “Halfway Right” 3:37
9. “One More Light” 4:15
10. “Sharp Edges”

 

Essa é o legado que One More Light, deve seguir mostrando a sonoridade que já conhecemos, porem com um “algo a mais” nas, melodias e letras. Foram lançadas ate o fechamento da matéria seis faixas. Heavy, Good Goodbye, Battle Symphony, Invisible, One More Light, Talking to Myself.

 

RedKing

RedKing

Moda, cultura, Design.

Faça um comentário

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...