O que é ser DÂNDI?

 O dandismo era ( e ainda é ) caracterizado não por um estilo particular, mas pela dedicação à excelência indumentaria. O dândi original foi Beau Brummell. Tratado como oráculo da moda por seus contemporâneos, ele transformou os códigos ingleses do vestuário e da etiqueta no período de 1794 a 1816. E o fez dispensando modelos luxuosos e favor de peças justas e de sóbria perfeição.
A aparência não era um mero complemento na vida do dândi, mas, sim, o propósito de sua existência. O vestuário era apenas parte da imagem construída com esmero. O dândi possuía um preparo pessoal meticuloso, porém discreto, um ar de distinção, elegância e pose, maneiras perfeitas, uma atitude caprichosa que permitia criar e mudar suas próprias regras de indumentária-e, acima de tudo, uma postura calculada de indiferença. De acordo com Baudelaire, “o dândi é blasé ou finge que é”, o que, atualmente seria mais bem descrito como um distanciamento cool, descolado.
E neste contexto que quero lhes apresentar uma loja que explica corretamente o que é ser dandy, em Nova York mais precisamente no famoso bairro Hell’s Kitchen. A loja Fine and Dandy nos traz uma visão de acessórios e do comportamento de quem adere a este estilo peculiar.
Matt Fox e Enrique Crame III proprietários da loja, iniciaram suas atividades primeiramente na internet, e algum tempo depois estabeleceram um local para vender o estilo que tanto “cultivam”


Veja abaixo um vídeo sobre este estilo ( em inglês)

Faça um comentário

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *