Marca cria catalogo com moradores de rua como modelo.


Intitulado de“The Unseen and Unforgiven”, o primeiro catálogo da marca de streetwear independente de Florianópolis, Sharkle, abandonou as tradicionais fotos de modelos em cenários deslumbrantes e atletas em suas melhores manobras, para vestir suas peças em moradores de rua da cidade nas chocantes situações de seus cotidianos.

O catálogo contém imagens chocantes de mendigos utilizando as camisetas da marca nos deploráveis locais onde moram. Alguns aparecem até consumindo drogas pesadas como o crack e cocaína em seringa.

Com o objetivo de expor o que é invisível e não perdoado pela sociedade (como o título da coleção sugere), tais fotos estão em congruência com o ideal de arte que a Sharkle estampa em suas camisetas. Foram utilizadas somente obras criadas por artistas undergrounds, desvinculados da arte de galeria, escolas de design, releituras e tendências.

Faça um comentário

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *