Modelos para qualquer ocasião.

Quando o assunto é o tipo de calçado masculino, os sapatos são os preferidos de grande parte dos homens, claro isso tem mudando com a ascensão dos sneakers. E mesmo assim os modelos de sapatos que iremos apresentar tem o objetivo de indicar alguns modelos que seria essencial para seu guarda-roupa.

Leiam Também

adidas POD-S3.1 Refresca com coloração “Clear Orange”

ACRONYM x Nike Air VaporMax Moc 2 | Coleção Completa é Revelada

Pony x Joey Badass Coleção já está Disponível

Nike Revela o Air Force 270 e Contra-ataca em Vermelho

 


“Invista em bons sapatos. Com calçados apertados não se pensa, não se é feliz.”
Costanza Pascolato

Monk
Um dos mais fáceis de identificar devido a alça de couro presa por uma fivela de metal em sua lateral. O sapato derivado dos calçados usados pelos monges (daí o nome) no século XV tem também uma versão com duas alças e duas fivelas, chamada double monk straps, que anda em alta nos últimos anos. É um sapato formal, mas ainda assim não supera o Oxford

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bota Chelsea
A bota Chelsea é um dos calçados mais versáteis que um homem pode ter. Ela traz traços de rebeldia e elegância ao mesmo tempo, por isso combina com qualquer look. Com Jeans e camiseta, jaqueta de couro, blazer e calça de alfaiataria e até mesmo com terno.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Derby Split Toe
Devido à variedade e os estilos num mesmo sapato, você pode combinar desde a calça jeans até a social. De fato ele é menos formal dentre os sapatos, mas não deixa de ser usado com costume. Em ocasiões como ambiente de trabalho, cerimônias de casamentos, festas e até ida ao shopping casualmente, cumpre muito bem seu papel.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Brogue
O sapato com a biqueira de couro recortada com um bico no centro lembrando um pássaro com as asas abertas chama-se wingtip ou full-brogue, half-brogue tem as mesmas perfurações mas a biqueira não é wingtip, é “captoe”, ou seja, um corte reto na ponta do calçado , existe ainda o 1/4 brogue que tem os furos apenas no cap toe.Os furos do brogue não surgiram só por acaso, eles eram usados para drenar a água dos sapatos dos caçadores quando estes pisavam em alguma poça ou tinham que atravessar um pequeno riacho ou charco.

 

Dress boots
Dress boots
(ou botas sociais) não se referem a um modelo de bota específico, mas a todo tipo de calçado de cano alto que pode ser usado com roupa social. Sim, é isso mesmo, se você quiser pode ir trabalhar no inverno de terno e uma belíssima e elegante bota que ninguém vai encanar

Oxford
Surgiu na Escócia e Irlanda, embora seja chamado de Oxford por ter sido adotado pelos alunos da Universidade de Oxford, podendo também receber os nomes de Balmoral na Escócia, bal-type nos EUA e Richilieu, na França. A característica que define o Oxford são os furos nas abas para os cadarços feitos em uma peça de couro que parte da sola do sapato, enquanto nos outros modelos as perfurações são feitas em peças costuradas no meio do sapato. Outro detalhe muito comum no Oxford é a biqueira de couro (cap toe), mas não é regra, podendo estar ausente em alguns casos.

Penny Loafers
Uma versão mais modernizada e sofisticada do mocassim que teve seu auge na década de 50 quando foi adotada por jovens universitários nos EUA. Sem cadarço ou fivela, trás, na maioria dos casos, uma faixa de couro na parte superior do peito do pé, algumas vezes adornada por uma placa de metal ou mesmo uma fivela. É bem casual, costumeiramente usado com jeans e calças chino combinadas com camisa ou pólo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Faça um comentário

Loading Facebook Comments ...

Leave a comment